Vencedores nunca desistem

14/10/2010

Vencedores nunca desistem

Vencedores Nunca Desistem

Por Maurício Pires de Albuquerque*

Em nossa cultura, vencedores são aqueles que ganham tudo, são os que terminam sempre em primeiro lugar; aqueles que alcançam o lugar mais alto do pódio, que sobressaem em seu campo de atividade, aqueles que atingem seus objetivos e que fazem a diferença em qualquer área de atuação.

Um vencedor pode ser alguém que aparece para todos nós através da mídia. Mas pode ser também aquela pessoa que realiza algo que a beneficia, que beneficia outros e que nunca será reconhecida fora da sua localidade, da sua vizinhança.

Um vencedor também é aquele que supera uma dificuldade, seja ela pessoal, física ou emocional e logra atingir o sucesso. O ambiente esportivo está repleto de histórias de pessoas assim, basta lembrarmos dos Jogos Parapan Rio 2007. Uma demonstração de força de vontade, obstinação, luta e superação de fracassos ao longo da caminhada, sem esmorecer, até atingir seus objetivos. E estar numa competição como o Parapan 2007 já é uma vitória. Estar numa competição de alto nível, como os Jogos Olímpicos, também pode ser considerado uma vitória.

Mas e aquele atleta anônimo que pratica uma atividade física, um esporte por prazer, sem a preocupação de participar de uma Olimpíada, por exemplo? Ele é um vencedor? Sim, ele também é um vencedor, pelo simples fato de fazer algo que gosta, com disciplina, prazer e objetivo, dia após dia, pensando sempre em melhorar sua condição física, sua saúde, sua qualidade de vida, suas habilidades técnicas.

Corredores estão sempre procurando melhorar as suas marcas, sempre à procura do aprimoramento físico e técnico. Contudo, nem sempre conseguem seu intento e, mesmo quando o conseguem, podem cair algumas posições, pois alguém foi melhor naquela corrida. Isto faz parte da vida do atleta, seja ele profissional ou amador. O importante é saber lidar com estas questões, ganhar versus perder, melhorar versus piorar, e saber que existe sempre uma próxima competição, uma próxima corrida, uma outra oportunidade para se testar, se avaliar. Sem esquecer que existe uma programação de treinamento a ser cumprida para um evento seguinte que é uma nova chance para rever suas metas, reavaliar seus objetivos, aprender mais sobre você e os outros competidores e partir para novas conquistas: melhorar o tempo, melhorar a posição, melhorar para você.

Tudo isto, sempre com prazer e alegria, pois como disse o estadista inglês Winston Churchill: “O sucesso é ir de fracasso, em fracasso sem perder o entusiasmo”.

Bom treino e boa corrida

* Maurício Pires de Albuquerque é Psicólogo Clínico e Esportivo, Professor de Psicologia Esportiva do IEFD/UERJ e Mestrando do PPGP/ IP/UFRJ.

DIGA NÃO AS DROGAS CAMPANHA DA ACADEMIA WALL STREET FITNESS
Não aprovamos e não nos responsabilizamos pelo uso de anabolizantes

ACADEMIA WALL STREET FITNESS
bodyticket.com.br
(31) 3335-7227 (31) 3291-6590.
AV.CONTORNO 8000 - BAIRRO LOURDES
BELO HORIZONTE - MG
Visa
Malhe e pague com cartões Visa.
Mapa Wall
Satisfacao Garantida
Valor Titulo Remido Wall Street

Tags da Academia