Problemas articulares e lesões nos joelhos

22/12/2011

Problemas articulares e lesões nos joelhos

Para as mulheres, a atenção deve ser redobrada, já que possuem menos força muscular e mais gordura, pela presença do hormônio estrógeno.
Problemas Articulares Lesoes Nos Joelhos
Descuidos nas atividades do dia-a-dia podem causar problemas articulares e lesões nos joelhos.

Com a correria do dia a dia, muita gente se divide entre trabalho, família, estudo e cuidados com a casa e deixa a própria saúde por último na lista de prioridades. Em longo prazo, esse descuido pode causar sérios problemas articulares, como artrose e lesões nos ligamentos.

Os joelhos são as articulações mais sensíveis do corpo humano, por suportarem grande parte do peso ao andar, correr ou pular. Para prevenir dores e lesões, que podem até limitar a capacidade de deslocamento, o fisioterapeuta Mateus Francisco Rossi, do Centro Avançado de Ortopedia e que também é o fisioterapeuta responsável pela equipe de basquete sorocabana (LSB), dá algumas dicas sobre como manter os joelhos e as demais articulações saudáveis e fortes.

Prevenir a obesidade e não ser sedentário, combinar fortalecimento muscular, alongamento, alimentação correta e uso de calçados adequados são essenciais, principalmente, para quem quer ter qualidade de vida daqui a algumas décadas.

Para as mulheres, a atenção deve ser redobrada, já que possuem menos força muscular e mais gordura, pela presença do hormônio estrógeno. Outro fator que aumenta o risco de lesões em mulheres é o formato dos joelhos, que são do tipo valgo, ou seja, ligeiramente voltados para dentro, em “x”.

Fortaleça os músculos

Para que os joelhos estejam protegidos, é preciso fortalecer os músculos ao redor. Quem tem uma musculatura fraca, ao praticar algum esporte - mesmo que esporádico, como o futebol de final de semana -, ou durante alguma queda acidental, a absorção é pequena e todo o impacto é transferido para as articulações. Com o tempo, isso pode provocar dor e desgaste (artrose).

O sedentarismo é um dos principais fatores de risco para dores e lesões nos joelhos, pois a pessoa começa a ficar com a musculatura atrofiada. Pesquisas mostram que, após os 30 anos de idade, tanto homens, quanto mulheres perdem 1% da força muscular por ano; ou seja, aos 40 anos, uma pessoa perdeu, em média, 10% da força muscular; outra de 50 perdeu 20% e assim por diante. “Quem pratica atividade física, perderá muito menos", acrescenta Mateus Rossi. Por isso, o ideal é começar a fortalecer os músculos o quanto antes, com atividades, como: musculação, natação e até caminhadas regulares, pelo menos três vezes por semana.

Mantenha o peso ideal

Nem gordura, nem massa muscular demais. O fisioterapeuta diz que, quanto mais perto do peso ideal para a estatura, melhor para os joelhos. Estar acima do peso sobrecarrega as articulações. Durante uma caminhada, os joelhos recebem, alternadamente, todo o peso do corpo. Em uma corrida, essa força é ainda maior, pois cada joelho recebe, de uma só vez, cinco vezes o peso corporal. Se a pessoa estiver obesa e com desequilíbrios musculares, todo esse excesso sobrecarrega os joelhos e aumenta as chances de dores e lesões.

Alongue-se

Alongamentos ativam a circulação, reduzem as tensões musculares, dão flexibilidade e previnem lesões. O fisioterapeuta esclarece, porém, que as últimas pesquisas mostram que não adianta só alongar antes e depois de práticas esportivas. “O importante é a pessoa ser flexível sempre, alongar-se rotineiramente. Quando você alonga apenas antes de uma caminhada ou jogo, por exemplo, não quer dizer que terá flexibilidade suficiente para os movimentos amplos que irá realizar”, explica. Para praticar, o ideal é alongar-se pelo menos três vezes por semana, procurando aulas de alongamento, yoga, grupos de ginástica ou um profissional especializado.

Mateus ensina que o ideal é escolher uma série com alongamentos variados, tanto para os membros inferiores, quanto superiores e, para os joelhos, que alonguem a parte posterior das coxas e panturrilhas. Faça séries de cinco a oito repetições, com permanência de 30 segundos, sem forçar demais, mantendo a postura alinhada. “Comece aos poucos e aumente a frequência progressivamente. Aceite seus limites, o alongamento não pode provocar dor”, afirma o fisioterapeuta.

Aqueça o corpo antes de uma prática esportiva

Para quem joga ou pretende começar a jogar vôlei, futebol, corrida ou outro esporte, aquecer os músculos é essencial. A dica é fazer os mesmos movimentos da prática, mas em menor intensidade, até que a musculatura aqueça e as articulações produzam um líquido que vai lubrificar a cartilagem e proteger o corpo na hora do jogo.

Use o sapato correto

Cada atividade pede um calçado adequado para que as articulações não sofram. Para atividades esportivas, é indicado procurar o tênis feito para o tipo de esporte a ser praticado. “Hoje, a indústria do calçado oferece até calçados diferentes para cada tipo de pisada, por exemplo, para quem corre”, exemplifica Mateus. Para os que praticam basquete, o ideal é o tênis de cano alto, já que a principal lesão é a entorse no tornozelo.

Não use o mesmo tênis por muito tempo, verifique a quilometragem ou o estado do calçado, que geralmente dura entre seis meses a um ano. Procure ter, pelo menos, dois pares de tênis e alterne o uso para que o sistema de amortecimento tenha tempo para voltar à capacidade máxima.

O fisioterapeuta diz que não há problema em usar salto alto em festas, casamentos e etc., mas, diariamente, a recomendação é escolher saltos com 3 cm ou 4 cm, mais grossos, para dar estabilidade e arredondados na frente, para que o peso seja distribuído igualmente entre os dedos. Saltos muito altos jogam o corpo para frente e sobrecarregam os joelhos e a coluna, além de favorecer joanetes e metatarsalgias (dor na parte frontal dos pés, na zona dos dedos). Sapatos sem salto, como rasteirinhas, também são prejudiciais, pois não amortecem o impacto do andar e forçam o calcanhar.

Procure um especialista

Não subestime dores articulares. Continuar a fazer atividades físicas com dor pode causar lesões sérias. Até mesmo pequenos incômodos podem indicar algum problema. Procure logo um médico para checar se está tudo bem.

*Academia Wall Street Fitness Estudante Para Meia Em Qualquer Atividade B
*Exceto Krav Magá.
Estudante paga meia, meia entrada.

Na academia estudante paga meia, basta apresentar comprovante de matricula de qualquer escola, faculdade etc.
ESTUDANTE PAGA MEIA.
*50% de desconto em qualquer modalidade.
*exceto Krav Magá.

- 01 AVALIAÇÃO FÍSICA GRÁTIS
- 02 Não cobramos matricula.
- 03 Não cobramos carteirinha.
- 04 Novos alunos ganham um semana de graça.
- 05 INDIQUE UM ALUNO E GANHE UMA MENSALIDADE, DOIS ALUNO DUAS MENSALIDADES, ETC

TODOS ALUNOS DA ACADEMIA TEM DIREITO:
Avaliação física grátis.

Academia Wall Street Fitness Programa Corporativo Para Empresas Afiliadas

Quer Ganhar Um Mes Academia 100 Gratis

QUER GANHAR UM MÊS DE ACADEMIA 100% GRÁTIS?

Indique um novo aluno e não pague mensalidade.

A pessoa que indicar um novo aluno para malhar na academia, ganha uma mensalidade.
Se o aluno indicado pagar 6 meses, quem fez a indicação ganha mais uma mensalidade = dois meses.
Este credito pode ser usado para qualquer modalidade e para qualquer época do ano.

Promoção valida para qualquer atividade.

Quer ganha de 6 meses a 1 ano de academia grátis
Quer Ganha 6 Meses A Um Ano Academia Gratis
01) Indique uma família para comprar um título remido familiar e ganhe 1 ano de academia.
02) Indique um aluno para comprar um título remido individual e ganhe 6 meses de academia.
Valor Titulo Remido Wall Street


Logobonecowall
ACADEMIA WALL STREET FITNESS
www.wallstreetfitness.com.br
(31) 3335-7227 (31) 3291-6590.
AV.CONTORNO 8000 - BAIRRO LOURDES
BELO HORIZONTE - MG
Simples é o melhor
Simple is best

Marcos Muniz Aposta Em Pacotes Para Academia Longo Prazo
Graduação de Marcos de Souza Muniz
* Graduado em Educação Física (EEF-UFMG); (1990)
* Diretor fundador da Academia Wall Street Fitness.(1991)
* Graduado fisiologia do exercício: emagrecimento e hipertrofia pela UFMG 1992
* Graduado Exercício e o Coração pela Associação Médica de Minas Gerais. (1994)


Visa
Malhe e pague com cartões Visa, Mastercard, Diners, American express.


Mapa Wall
DIGA NÃO AS DROGAS CAMPANHA DA ACADEMIA WALL STREET FITNESS.
Atenção:
Não aprovamos e não nos responsabilizamos pelo uso de anabolizantes.
Não recomenda o uso de nenhum medicamento e/ou suplemento alimentar
sem a prévia recomendação de um médico ou nutricionaista.
Não inicie nenhuma rotina de treinamento sem a supervisão de um profissional da área do esporte.

Tags da Academia